O Linkedin é atualmente a maior rede social em atividade dedicada exclusivamente a perfis de profissionais e empresas.

Se antes ele era visto apenas como um ambiente para divulgar oportunidades profissionais, hoje ele se apresenta como uma excelente oportunidade para negócios. Isso porque é possível se utilizar da rede por diversos recursos para divulgação não só de vagas, mas como posicionamento profissional, aconselhamento de carreira, acesso a informações do setor de atuação e exposição das atividades de uma empresa.

O Linkedin é mais uma rede social a ser considerada em uma boa estratégia de marketing. Pensando nisso, destaquei algumas informações que podem ser relevantes sobre a rede e darei uma orientação sobre como você pode fazer um perfil para a sua empresa.

A RELEVÂNCIA DO LINKEDIN PARA EMPRESAS

O Linkedin foi criado em 2002, na Califórnia, nos Estados Unidos. Dezesseis anos após a sua criação, considera-se que tenha em torno de 500 milhões de usuários em todo o mundo. Desse total, calcula-se que em torno de 29 milhões são brasileiros, dentre milhares de profissionais e empresas de diferentes perfis e nichos.

A rede social é conhecida por profissionais do marketing como a melhor alternativa no chamado marketing B2B, ou seja, para “Business to Business”, ou seja, essa expressão refere-se, em outras palavras, a transações de compra e venda entre empresas.

Há uma pesquisa que aponta que aproximadamente cerca de 80% dos leads em B2B provém do Linkedin. De fato, mais de 90% das empresas desse segmento investem nessa rede social.

Além disso, o Linkedin possibilita a criação e a divulgação de conteúdos de interesse do público que uma empresa quer atingir.  E permite também que se realize campanhas com uma segmentação específica, podendo direcionar determinado tipo de publicidade para profissionais de uma determinada área.

Pode-se, ainda, construir um perfil com uma identidade visual própria, que transmita os valores que a marca deseja passar.

No perfil, além das informações de contato, deve constar um pequeno texto informativo sobre a área de atuação da empresa, como explicarei a seguir.

CRIANDO UM PERFIL CORPORATIVO

Como já disse, criar um perfil para sua empresa no Linkedin é mais uma forma de anunciar os seus serviços e/ou produtos e criar oportunidades.

Para isso, você deve, antes de qualquer coisa, ter um perfil pessoal. Sua conta corporativa será feita a partir dele.

Feito isso, siga os seguintes passos: primeiro, clique em “crie uma Company Page”, constante no ícone “Soluções”.

Em seguida, defina uma URL para sua página. Tenha atenção para que o nome identifique bem a sua marca.

Selecione a opção “criar página”. Aqui, você deverá adicionar um email para contato. Depois disso, basta clicar em “comece já”.

É necessário ainda que você escreva uma descrição de seu negócio que tenha entre 250 e 2000 caracteres.

Aproveite esse espaço para colocar um pouco sobre a visão e os valores de sua empresa, além dos produtos que ela oferece. Se possível, fale um pouco sobre sua trajetória.

O perfil corporativo somente poderá ser visualizado após sua publicação. Portanto, não é possível uma pré-visualização.

Depois de terminado o processo de criação da página, é importante que você divida a administração dela com outros responsáveis, além de divulgá-la entre seus colaboradores.

É possível, por meio de uma Company Page, criar ainda uma Showcase Page. Com esta extensão, você pode dar evidência à sua marca ou a uma campanha específica.

Essa página é importante para que você possa fazer uma segmentação de público para suas divulgações.

 

UTILIZANDO SEU PERFIL DE MANEIRA CORRETA

Depois de feito seu perfil, é hora de pôr a mão na massa. Para isso, alguns cuidados devem ser tomados. Isso porque você deve ter em mente que o Linkedin não é uma rede social feita para que se possa vender produtos ou serviços. Na realidade, novas oportunidades de negócios podem surgir, mas essa não é a finalidade da plataforma. Trata-se, antes, de um espaço para que você possa criar novas relações, em outras palavras, fomentar o seu social network dentro do seu segmento.

Recomendo que você leia com atenção as regras da página antes de começar a se utilizar de seu perfil. E ao iniciar o uso, tente acompanhar a eficiência de suas publicações. Para isso, utilize os recursos da própria página.

Quanto ao teor das publicações, lembre-se: trata-se de uma rede social relacionada a negócios e a trabalho. Portanto, postagens descontraídas podem não ser adequadas ao ambiente dessa rede.

Mais uma vantagem para você que decidiu ter uma página nesse site é a possibilidade de encurtar os laços entre os seus colaboradores.

Aqui procurei dar algumas dicas de como criar uma página corporativa para a sua empresa, mas se precisar de uma ajuda profissional ou queira desenvolver uma estratégia de comunicação que também insira o Linkedin como canal de divulgação, posso te ajudar.

Por Geiza Mesquita, Consultora de Comunicação e Redes Sociais